O Ministério da Saúde decidiu pela anulação do concurso de residência médica da Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro. Ao todo são 470 vagas no concurso, incluindo 6 hospitais federais, Instituto Nacional de Cardiologia, Hospital Evandro Chagas e unidades hospitalares estaduais que foram disputados por 8140 candidatos.

Será realizada uma nova prova e o calendário e informações específicas serão divulgados na próxima semana pelo Ministério da Saúde.

Entenda o caso

O concurso de residência médica da SES-RJ esta sob investigação da Defensoria Pública da União devido à suspeita de fraude no concurso realizado no dia 16 de dezembro. Os próprios candidatos do concurso suspeitaram do fato que 22 pessoas terem acertado todas as questões das áreas de Ginecologia e Obstetrícia, Pediatria, Medicina Preventiva e Cirurgia Geral, porém a média de acertos em Clínica Médica foi inferior a 50%.

Porém segundo a empresa TR Assessoria Pública Limitada, responsável pela realização da prova houve um problema técnico no sistema que conferia o cartão-resposta com o gabarito. O processo para contratação de empresa para realização e avaliação das notas foi promovido pelo Núcleo Estadual do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro (Nerj)